PERFIL

Profissão Secretária

Contexto Pessoal, Profissional, Econômico, Político e Global de uma das Profissões que Mais Crescem no Mundo.

Muitos são os indicativos que demonstram, claramente, as grandes, profundas e extremamente rápidas transformações do mercado de trabalho. Compreendemos isso observando ao nosso redor em nossa família, empresa, colegas de estudo, jornais revistas etc.

Certamente também estamos cansados de ouvir dizer que em decorrência das transformações tecnológicas, da informática e da globalização, o mercado de trabalho é altamente competitivo e corremos determinados tipos de riscos em nosso trabalho, impensados há dez anos.

Sentimos exigências sobre nossa pessoa e profissão que além de simultâneas e diversas nos causam, muitas vezes, um sentimento de incapacidade para o qual não encontramos explicação. Pois até ontem mesmo éramos considerados excelentes profissionais. O que aconteceu então? Por que de uma hora para outra, nos vemos mergulhados nesse sentimento não muito bem localizado de falha, se é que podemos chamá-lo assim?

Se isso tudo aconteceu não deve fazer mais três meses. Este é o tempo hoje, que os experts, consideram para qualquer profissional estar desatualizado, desprezado para o mercado de trabalho atual.

Bem, isto é, se você pertence ao mercado de trabalho do setor privado, é claro. Em empresas dos governos Federal, estaduais, municipais e de economia mista ainda parecem muito irreal. Mas não deveria ser assim.

Razão, Emoção e Ação é a trilogia necessária para competir em igualdade de condições no exigente mercado de trabalho atual. Ou seja, você precisa saber o que sente, porque sente, como sente, quando sente e precisa descobrir quem é você e o que quer, primeiro da sua vida e depois da sua profissão. Aprenda a lidar com seus potenciais e deficiências e explorá-los positivamente em seu benefício.

Dizer sim na hora certa, para a pessoa certa e pelo motivo certo, da mesma forma dizer não. Sim e não, concordo e não concordo, são instrumentos de trabalho diário, como o computador do quem com "sins " e "nãos".

Uma outra trilogia necessária é conhecer-se, conhecer a profissão, conhecer a empresa (muito bem) e o ramo de atividade ao qual ela pertence, da mesma maneira que você se conhece, lhe permitirá a ampliação das chances que cada empresa pode oferecer. Estudar sempre, aprender continuamente, trabalhar com outros idiomas, programas diferentes de computação, melhorar diariamente seu idioma de origem são imperativos para o sucesso profissional. É necessário agregar valores novos aos que você já possui, propiciando a si mesma, à empresa e aos demais colegas um desenvolvimento contínuo.

O auto conhecimento exige coragem, investimento, como quase tudo nos dias atuais. Pergunte a si mesma como vem se cuidando, trabalhando, ou tratando seus colegas no trabalho. Perceba como anda seu relacionamento inter e intrapessoal. O conhecimento da profissão hoje é encarado muito mais amplamente do que apenas "saber fazer o seu trabalho". É necessário que você conheça a legislação de sua profissão, para entender adequadamente o exercício profissional. Conhecer sua empresa e o ramo de atividade envolve um acompanhamento contínuo dos clientes internos e externos da situação geral do seu País.

Qual é, por exemplo, o seu caso no mercado de trabalho? Você ainda acha que emprego é para toda a vida? Que fazer carreira em uma empresa é relativamente fácil, basta estar preparado? É em empresa grande que você tem futuro? Ou seu caso é do time de profissionais preparados para trabalhar em qualquer lugar, qualquer horário, com qualquer pessoa em diferentes ramos de atividades, porque assume riscos e investe em você? Se você faz parte do time das 5 primeiras indagações é hora de refletir. E muito, antes que seja tarde demais. Sim, porque até a legislação de aposentadoria está mudando. Para você seguir no time das 5 primeiras questões, sem riscos, é imprescindível saber, no mínimo, o que vai acontecer na sua empresa nos próximos anos.

Há alguns anos não era necessário que soubéssemos os rumos políticos e econômicos do nosso País, para o bom desempenho profissional. Mas também o mundo esperava você se formar, ingressar no mercado de trabalho e seguir sua carreira promissora.

Hoje é como se vivêssemos um mundo novo a cada instante. Além de estudar enquanto se forma, é necessário trabalhar para quando chegar ao diploma você já possua experiência profissional. Além disso cursos complementares de línguas, computação, cursos rápidos de atualização, congressos, são de grande importância. Por que tudo isso?

Porque o sistema político econômico não só brasileiro, mas mundial está se transformando. E nós estamos vivenciando exatamente a época desta transformação. Ou você pensa que reforma administrativa, privatização, globalização só acontece no Brasil?

As fronteiras dos países hoje são representadas pelas diversas culturas apenas, pois o mundo está organizado em blocos comerciais, derrubando cada vez mais rapidamente as fronteiras geográficas anteriormente existentes. Exemplos MERCOSUL, NAFTA e até o presente 9 blocos diferentes trabalham entre si e uns e outros. E o Brasil é um país com grande potencial e muito atraente para os grandes investidores.

A privatização é hoje uma necessidade de mercado, de governo, dos tempos atuais, sem significar perda, é antes de tudo uma adequação. Na Inglaterra, após intensa campanha de esclarecimento havia out-doors que diziam "Yes it hurts, Yes it works", ou seja, pode doer um pouco, mas funciona. Claro que devemos ter bem definido que vivemos no Brasil, que temos nossa própria cultura e consequentemente obrigação de desenvolver nossos próprios modelos. Pensar em apenas em importar, simplesmente imitando pode acarretar grandes prejuízos.

Por exemplo, no setor elétrico algumas empresas já foram privatizadas. Sergipe, Espirito Santo são estados pioneiros no caso do setor elétrico, que deverá ter acentuada privatização no decorrer dos dois próximos anos. Pelo menos são os indicativos atuais.

Prepare-se para quando a empresa trocar os donos, como você se prepara para procurar um emprego. Quem sabe, conhece, compreende e entende mais, tem maiores chances. Se você não sabe ou ainda não ouviu falar nada sobre a privatização do setor elétrico no Brasil, verifique, pois a CESP é uma das importantes empresas do ramo em nosso País e seguramente vem desenvolvendo trabalhos nesse sentido.

Viver é bom. Não permita que estas mudanças rápidas e abrangentes sejam uma ameaça para você, para sua profissão ou para o seu trabalho. Comece a descobrir esse novo horizonte profissional e a transformar as alterações em benefícios. É bem verdade que alguns podem achar que viver hoje é muito mais complicado que antigamente, mas também você não podia estudar língua estrangeira através da compra de fascículos na banca de jornal. Era preciso ter dinheiro para pagar uma escola.

Perceba as oportunidades que estão à sua volta. Na família, nos amigos, na empresa, com seus colegas de escola ou de trabalho. Hoje conhecimento é sua forma de competição, o tempo você cria, o dinheiro que já é um cartão, que compra por computador, que recebe em casa, que de casa conhece e assiste o que acontecesse no mundo todo. No Brasil até a novela das 8, que é um costume nacional, já utiliza expressões inglesas. Seria, digamos, a globalização chegando às novelas.

É claro se você é uma profissional secretária ainda terá algumas facilidades, como por exemplo ser parte de uma das profissões que mais cresce no mundo porque está ligada a informações e pessoas. O mercado de trabalho é mais constante em nossa profissão. Ainda é uma profissão considerada "diferente" (cuidado você vai encontrar pessoas que acham que qualquer um pode ser secretária - não faça parte deste time), feminina, que vem sendo valorizada e respeitada em todo mundo. A título de informação ressaltamos que o trabalho desenvolvido pelos Sindicatos e pela Federação Nacional é reconhecido e imitado por muitos dos 180 países que já o conhecem.

Portanto se você se conhece, conhece sua profissão e sua empresa, sabe o que quer em sua vida e faz o que gosta, reflita sobre qual caminho você vai escolher e como pretende atingir seus objetivos, pois o mundo é tão seu quanto de qualquer outra pessoa. Boa sorte.

Leida Borba de Moraes

  • Presidente do Sindicato das Secretárias do Estado de São Paulo.

  • Presidente da Federação Nacional das Secretárias e Secretários.

  • Presidente do Capítulo Brazil do IAAP-International Association of Administrative Professional.

  • Diretora de Assuntos de Seguridade Social da CNTC-Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio.

  • Comendadora da Ordem do Mérito Alvarista – Fundação Alvares Penteado – pelos bons serviços prestados à Educação no País.

  • Conferencista nacional e internacional.

Email: [email protected]